Interiorização marca início do governo Cida Borghetti, no Paraná
Acompanhe O Assunto é Política com Diniz Neto, de segunda a sexta, às 09h40 e às 14h20

O Assunto é Política

Interiorização marca início do governo Cida Borghetti, no Paraná

O Assunto é Política por Diniz Neto em 20/04/2018 - 10:10

Quer fazer contato com o jornalista Diniz Neto, encaminhar uma sugestão? Envie e-mail para oassuntoepolitica@cbnmaringa.com.br ou mande uma mensagem para o WhatsApp da CBN Maringá. O número é (44) 99877 9550

TEMPO. Faltam 171 dias para 7 de outubro, primeiro turno das eleições de 2018.

SAÚDE.

A solenidade de hoje, sexta-feira, 20, às 10h30, na Câmara, com a governadora Cida Borghetti e Antonio Carlos Nardi, não será apenas para marcar a posse do novo secretário. Haverá o anúncio da liberação de R$ 5 milhões anuais para as despesas de custeio do Consórcio de Saúde Cisamusep, o Centro de Especialidades que atende os 30 municípios da região de Maringá.

Durante o tempo em que foi secretário de Saúde de Maringá, presidente do Conasems e secretário do Ministério da Saúde, Nardi sempre apoiou o Consórcio de Saúde Cisamusep.

O novo prédio do Cisamusep foi uma conquista que teve a participação direta de Antonio Carlos Nardi. No dia que a obra foi anunciada ele estava ao lado do secretário de Saúde do Paraná.

NOROESTE.

Nesta sexta-feira, 20, a governadora Cida Borghetti cumprirá agenda em Paranavaí, e Santa Cruz de Monte Castelo.

Em Paranavaí, às 13h30, na Prefeitura, Cida autoriza e homologa licitações para obras de infraestrutura urbana em Paranavaí, São Manoel do Paraná e Nova Londrina.

Às 14h30, na sede da OAB de Paranavaí, a governadora terá reunião com prefeitos da região.

Às 16h15, a governadora entrega ordem de serviço para reparos e melhorias do ginásio do Colégio Estadual do Campo de Ivaína. O evento será na Câmara Municipal.

MARCA.

A agenda da governadora tem revelado mais uma característica do seu governo: uma ação de interiorização.

Isto aparece também na escolha dos secretários. Educação, região Norte. Saúde, Noroeste. Casa Civil, Oeste. E assim está sendo. Escolhas que contemplam as regiões do Paraná.

Assim, nas reuniões de segunda-feira, estão à mesa representantes de todas as regiões do Paraná.

Nas visitas e eventos nos municípios, a governadora tem a possibilidade de ouvir e conversar com as pessoas nas mais diferentes cidades do Paraná.

É preciso lembrar aqui, por uma questão de justiça, que o ex-governador Beto Richa se orgulha de ter visitado, em sete anos, todos os 399 municípios do Paraná. Uma presença que também marcou o seu governo.

O CURIOSO PROJETO DA REGULAMENTAÇÃO DO COMÉRCIO AOS DOMINGOS.

O assunto, claro, é polêmico. Surgiu na Câmara, virou projeto de lei e serviu para expor uma grande quantidade de argumentos contrários e a favor do fechamento dos supermercados aos domingos.

No meio da história, apareceram as micro e pequenas empresas. Estas sim, bastante prejudicadas pela abertura das grandes redes de supermercados – mas é uma situação de mercado, que acontece não apenas em Maringá, mas em todos os lugares. E que tem alternativas, que os micro e pequenos podem buscar, com diferenciais, atualização e inovação.

A manchete de O Diário hoje retrata o fato que havíamos adiantado ontem: A abertura vai depender de autorização da Prefeitura.

Ao que podemos acrescentar, e dos sindicatos. Isto porque a lei inclui os sindicatos como participantes dos pedidos de abertura.

O projeto de lei do vereador Carlos Mariucci, do PT, uniu dois vereadores com posições antagônicas: Jean Marques, líder do prefeito na Câmara, e Homero Marchese. Só eles votaram contra.

Votaram a favor do projeto: o autor Carlos Mariucci. Os co-autores Alex Chaves (PHS), Altamir dos Santos (PSD), Sidnei Telles (PSD), Belino Bravin (PP), Odair Fogueteiro (PHS), Onivaldo Barris (PHS) e William Gentil (PTB). E mais os vereadores Flávio Mantovani (PPS), Do Carmo

(PR), Chico Caiana (PTB).

Frase do vereador Jean Marques, registrada em reportagem do Metro:“Não estamos fechando, mas definindo que o sindicato poderá fechar”.

Enfim, o que se percebe: um distanciamento da Câmara da realidade, do que pensa a população, do que deseja a sociedade organizada. Este projeto de lei é decepcionante em todos os sentidos. Não deveria ter continuado na pauta. Ao ser retirado, deveria ser arquivado.

Na prática, ele suscitou uma enorme discussão para um resultado praticamente inútil.

A prefeitura, dentro das leis e do bom senso, deverá autorizar a abertura do comércio.

Se não o fizer, o Poder Judiciário decidirá sobre a abertura.

O EXEMPLO DE COLORADO, NA REGIÃO DE MARINGÁ.

Na última campanha eleitoral, em 2016, o candidato Marcos Mello, então ex-prefeito e candidato a novo mandato, foi alvo de muitas denúncias e processos, que resultaram inclusive em condenações em primeira instância.

As condenações foram revertidas em instâncias superiores, Marcos Mello assumiu a prefeitura.

A ação persistente da aposição, mesmo após decisões judiciais, levou o TSE a multar os opositores, autores das denúncias, por má-fé.

Fica o exemplo. Vale para todos.

A fiscalização é importante, mas as denúncias precisam ter fundamento na verdade, fatos, números.

Uma acusação só para prejudicar alguém, criar desgaste na imagem, problemas, precisa realmente ser punida. 

EM MARINGÁ.

Luiz Ruffato, um dos mais importantes escritores brasileiros, estará em Maringá, hoje e amanhã. 
Vem para lançar e discutir “A cidade dorme”, livro de contos publicado pela Companhia das Letras neste ano. O lançamento é dia 20 de abril, às 19h30, na Livrarias Curitiba do Shopping Maringá Park. A participação no lançamento é gratuita. Na ocasião, Ruffato participa de bate-papo e sessão de autógrafos.

Amanhã, às 10 horas, na prefeitura, no 3º andar, na sala dos conselhos, um encontro com o escritor, com mediação do jornalista Victor Simião.

A vinda do autor a Maringá uma realização do clube de leitura Bons Casmurros e Companhia das Letras. A Cocamar, as rádios MIX FM e CBN Maringá e a Secretaria Municipal de Cultura são apoiadoras da ação.

INSCRIÇÕES A Uningá e a Agro Uningá Consultoria estão com inscrições abertas para o IV Dia de Campo da Agronomia, em 28 de abril das 8 às 12 horas no Núcleo Experimental de Agronomia: http://uninga.br/diadecampo.

MUNICÍPIOS

CAMPO MOURÃO. 
A governadora Cida Borghetti recebeu o ministro da Agricultura, Blairo Maggi, no Fórum dos Presidentes de Cooperativas do Paraná, promovido pela Ocepar.

A governadora falou dos investimentos feitos nos últimos anos para dar suporte ao crescimento do agronegócio e demais setores da economia. 

CARNE DE FRANGO. O ministro da Agricultura estava em Campo Mourão quando recebeu a notícia do embargo da União Europeia à carne de frango brasileira.

Nas entrevistas que deu, Blairo Magi afirma que a medida não é sanitária, é protecionista e que o Brasil vai recorrer à Organização Mundial do Comércio.

 

Quer fazer contato com o jornalista Diniz Neto, encaminhar uma sugestão? Envie e-mail para oassuntoepolitica@cbnmaringa.com.br ou mande uma mensagem para o WhatsApp da CBN Maringá. O número é (44) 99877 9550