Ivatuba tem maior índice de infestação predial do Aedes aegypt no Paraná
foto: arquivo/AEN/Venilton Kuchler

Dengue

Ivatuba tem maior índice de infestação predial do Aedes aegypt no Paraná

Por Redação em 03/12/2019 - 17:50

É o que apontou o Lira - Levantamento Rápido de Índices de Infestação nos municípios divulgado nesta terça-feira (03) pela Secretaria de Saúde do Paraná.

O Lira mostra a porcentagem entre o número de imóveis pesquisados e o de imóveis onde os criadouros do mosquito foram encontrados.

O índice registrado em Ivatuba é de 10%, ou seja, em cada 100 imóveis pesquisados, 10 tinham criadouros do mosquito transmissor da dengue.

Já os casos confirmados de dengue no estado, o boletim epidemiológico desta semana registra 1.869 casos confirmados. São 305 casos a mais que na semana anterior. Do total, 1.480 são autóctones, ou seja, contraídos no município de residência.

Os municípios em situação de alerta também aumentaram. De dez passou para doze, com a inclusão de Cianorte e Doutor Camargo.

Os outros municípios são Lindoeste, Juranda, Douradina, Indianópolis, São Carlos do Ivaí, Flórida, Munhoz de Mello, Florestópolis, Leópolis e Uraí.

Oito municípios estão em situação de epidemia, um a mais que na semana anterior. São eles, Nova Cantu, Quinta do Sol, Inajá, Santa Isabel do Ivaí, Ângulo, Floraí, Uniflor e Colorado.

O Paraná tem 12.254 casos notificados no período de 28 de julho até agora.

Notícias da mesma editoria