Maringá precisaria de 30 defensores públicos
Para garantir atendimento na Defensoria Pública de Maringá, fila começa de madrugada (Foto: Arquivo/Luciana Peña/CBN Maringá)

Direito

Maringá precisaria de 30 defensores públicos

Cidade por Luciana Peña em 27/01/2020 - 16:59

Mas a cidade tem apenas três nas áreas de família e execução penal. Segundo a defensora pública Pietra Previate, uma cidade do porte de Maringá precisaria de defensores em todas as áreas, incluindo cível, infância e juventude e outras. Na semana passada a CBN trouxe reportagem sobre uma fila que se forma toda quinta-feira em frente à Defensoria Pública da cidade. São pessoas de baixa renda que precisam de assistência jurídica gratuita. Os primeiros da fila chegam de madrugada.