Médico emprestado ao IML de Maringá poderá voltar ao SUS
Google Imagens/ Ilustrativa

Previsão

Médico emprestado ao IML de Maringá poderá voltar ao SUS

Saúde por Carina Bernardino em 16/07/2019 - 20:00

É que o Governo fará quase 100 nomeações na próxima semana e, na lista, estão peritos e médicos-legistas. O clínico-geral da prefeitura foi cedido à unidade em abril para ajudar no déficit de profissionais

Há mais de três meses um servidor público da prefeitura reforça o quadro de médicos-legistas do Instituto Médico Legal de Maringá. O clínico-geral da Secretaria de Saúde foi emprestado à unidade para suprir a falta de profissionais. Em abril, dois casos evidenciaram o déficit no IML. Uma família chegou a esperar 24 horas para liberação de um corpo e, em outro caso, a espera ultrapassou 20 horas.

Na época, a Secretaria de Segurança Pública do Paraná explicou que o IML de Maringá tem quatro médicos-legistas que trabalham em escalas de 24 horas. Mas, que para fechar a carga horária, seriam necessários mais dois profissionais. No mesmo mês, a Sesp disse que abriu um procedimento administrativo para apurar o que ocorreu e punir os responsáveis. No entanto, o procedimento ainda não foi concluído.

Em abril, com o médico emprestado pelo município, a escala de plantão do Instituo Médico Legal foi fechada e o profissional, ainda permanece na unidade. Nesta terça-feira (16), a CBN solicitou ao Governo do Paraná informações sobre a contratação de novos profissionais para o IML de Maringá. A resposta enviada pela Secretaria da Segurança Pública é que está em andamento um concurso da Polícia Científica para reforçar o quadro de servidores de todo o Estado. 

Segundo a nota, a previsão é nomear mais de 90 servidores nos próximos dias, dentre eles peritos e médicos-legistas. Os profissionais vão passar por instrução e deverão iniciar os trabalhos nos próximos meses. Ou seja, a previsão é que pelo menos um profissional venha para a cidade para que o médico da prefeitura volte a atender os pacientes do SUS (Sistema Único de Saúde).