MP aciona prefeito por represália à PM
Prefeitura de Cidade Gaúcha (Foto: Lica Alves/Google/Foto de 2013)

Cidade Gaúcha

MP aciona prefeito por represália à PM

Por Luciana Peña em 12/11/2019 - 09:03

O prefeito de Cidade Gaúcha, no noroeste do Paraná, é acusado pelo Ministério Público de cortar os recursos da alimentação de policiais militares porque a PM prendeu o presidente da Câmara, aliado político. O presidente da Câmara foi preso duas vezes em 2018, uma vez por boca de urna, e outra por posse ilegal de arma de fogo e violência doméstica. E em fevereiro deste ano o município suspendeu o custeio da alimentação fornecida à Corporação. Para o Ministério Público a atitude foi uma retaliação.  Na ação oferecida à Justiça, o MP acusa o prefeito de Cidade Gaúcha de improbidade administrativa. A CBN está tentando contato com o prefeito para comentar o assunto.

É o que diz o promotor de Justiça da comarca de Cidade Gaúcha, Rodrigo Azevedo.

Player Ouça

A CBN conversou com o prefeito de Cidade Gaúcha, Alexandre Lucena. Ele disse que soube da ação pela imprensa, não foi notificado e nem ouvido pelo MP, por isso não vai se pronunciar por enquanto.

Notícias da mesma editoria