MP investiga uso de carro da Câmara para fins particulares
Acompanhe O Assunto é política com Diniz Neto, de segunda a sexta, às 09h40 e às 14h20

O Assunto é Política

MP investiga uso de carro da Câmara para fins particulares

Por Diniz Neto em 13/07/2019 - 10:29

MINISTÉRIO PÚBLICO ABRE INVESTIGAÇÃO DE VEREADORES DE MARINGÁ

O promotor de Defesa do Patrimônio Público, Pedro Ivo Andrade, abriu investigação para apurar notícia de que carro oficial da Câmara Municipal de Maringá teria sido usado para fins particulares.
A notícia que originou a investigação foi dada em primeira mão pelo apresentador Juliano Pinga, no seu programa na TV Maringá. Um veículo oficial da Câmara Municipal de Maringá teria ido ao aeroporto de Londrina buscar o vereador Sidnei Telles, ao que se sabe também por reportagens e entrevistas concedidas, por determinação do presidente da Câmara Municipal de Maringá, vereador Mario Hossokawa.

O promotor solicitou à Viapar informações sobre passagem nos pedágios, informando à concessionária os dados dos três veículos da Câmara, um Citroen C4L, um Vectra Sedan e um Zafira CD.

O motorista da Câmara que teria ido a Londrina, Valmir Moura, deve depor no dia 7 de agosto, às 16h30. 

Mais uma vez o presidente da Câmara é investigado. Ele é réu em ação pública por danos ao erário junto com Jairo Gianoto e Luis Antonio Paulicchi, há alguns anos.

Posição da Câmara Municipal sobre o tema: “Na volta de Londrina para Maringá, que ocorreu num outro dia, após ele ter voltado de Roma (viagem particular), retornou com o carro da Câmara sob autorização do presidente para que pudesse chegar a tempo na sessão daquele dia”.

“Não é comum. Mas a viagem, autorizada pelo presidente, teve como intenção a participação do Sidnei na sessão na manhã daquele dia. O vereador é primeiro secretário da Mesa Diretora e presidente da Comissão de Finanças e Orçamento. Naquele dia estava na pauta LDO para votar, e seria importante a participação dele na sessão”.

O que aconteceu foi o seguinte: realmente o vereador e 1º secretário da Mesa Diretora Sidnei Telles pediu o carro para voltar do aeroporto de Londrina naquele dia. O presidente da Câmara tinha conhecimento e autorizou a viagem para que ele pudesse chegar a tempo na sessão ordinária daquele dia. O motorista saiu de Maringá por volta das 5h da manhã para buscá-lo e depois vieram direto para a Câmara.

 

Player Ouça o boletim

Notícias da mesma editoria