O outro lado da proposta indecente
Acompanhe O Assunto é política com Diniz Neto, de segunda a sexta, às 09h40 e às 14h20

O Assunto é Política

O outro lado da proposta indecente

Por Diniz Neto em 04/07/2019 - 10:44
Player Ouça o boletim

NO PDT
O prefeito Ulisses Maia viajou ontem para Curitiba. À tarde, esteve reunido com dirigentes do PDT.

O assunto exato tratado não consegui confirmar. Mas posso afirmar que estão sendo decididas ações muito importantes para o partido, que serão importantes para o partido em 2020 e 2022.

Ulisses Maia está definindo a sua estratégia partidária para as próximas eleições municipais. Ele é candidato à reeleição.

PSD
O partido, que esperava contar com o prefeito Ulisses Maia, também está definindo o seu destino, que deve ser anunciado nos próximos dias.

Recebi muitas mensagens aprovando o comando do Gilson Fahur, o Sargento Fahur, e a sua candidatura a prefeito.

MDB
Duas alas de antigos filiados ao MDB de Maringá trabalham contra a atual comissão executiva provisória do MDB.
Na internet circulam notas contra o recadastramento convocado pelo presidente Edson Scabora. Uma delas critica com veemência a citação da resolução 23.440, de 19 de março de 2015 do Tribunal Superior Eleitoral para fundamentar recadastramento de filiados ao MDB de Maringá. Segundos emedebistas essa resolução citada tem a ver com identificação biométrica e não com filiados de um partido político.

Um texto assinado pelo ex-vereador Miguel Grillo é muito contundente e fala do recadastramento como uma agressão à história do MDB e aos seus velhos emedebistas de guerra, que lutaram nas trincheiras contra o autoritarismo, em tempos difíceis.

Grillo usa palavras fortes para qualificar a atual executiva provisória indicada pela direção estadual do MDB para Maringá.

LIGAÇÃO FIEL
O emedebista de Maringá mais ligado às ideias do ex-senador Roberto Requião, publicamente inclusive, é Miguel Grillo. Uma proximidade fiel, em tempos de crescimento da direita.

 

REQUIÃO EM MARINGÁ NESTA SEXTA-FEIRA, DIA 5
Por falar no ex-governador e ex-senador ele estará em Maringá nesta sexta-feira, dia 5 de julho. Vem para palestra sobre a destruição dos direitos trabalhistas e o seu impacto nas próximas gerações. Ele também abordará cortes nos orçamentos das universidades e os reflexos na qualidade de ensino.

Quem traz requião é o Sinteemar. A palestra será as 14 horas, no Dacese, na UEM. 
A palestra é pública e gratuita. Além de sindicalistas e militantes da esquerda são esperados muitos emedebistas maringaenses no evento. Históricos e neo-emedebistas parece que têm um encontro marcado, amanhã.

ACOMPANHANDO
O conselheiro estadual da OAB, advogado César Moreno, acompanhou ontem o convênio de cooperação firmado entre o município de Maringá e a Receita Estadual.

Este foi o convênio pioneiro de cooperação nesta área e será usado como referência para outros que poderão ser firmados.

César Moreno destacou a importância dos objetivos e as dificuldades que terão que ser superadas para que produza os resultados desejados, especialmente a redução dos preços dos combustíveis em Maringá, muito elevados em comparação com os praticados em outras cidades.

A PROPOSTA PARA A IMPRENSA
O governador Carlos Massa Ratinho Junior apresentou uma proposta de reajuste aos servidores, ontem, em entrevista coletiva à imprensa.

As lideranças dos servidores que comandam a greve não gostaram, a começar pela forma como receberam a proposta: pela imprensa. Segundo eles a proposta deveria ser feita em reunião deles com o governador, em debate, frente a frente.

A proposta é escalonada, inclui um pacote de contratações de servidores e uma condição: o fim do benefício da licença-prêmio.

Não vou avaliar a proposta e nem a revolta das lideranças, que acharam a proposta inaceitável.

Uma coisa que eu sempre defendo aqui: é preciso começar a falar a verdade, parar de fingir que governa e falar a verdade, parar de fingir que defende os servidores e admitir a dura verdade.

O governo não tem condições de continuar pagando avanços, progressões e vantagens – o governante sabe isso e os servidores também sabem que o que pedem é impagável (se não sabem deveriam começara a fazer contas).

Você trabalhador comum que me ouve: você gostaria de ter adicional por tempo de serviço garantido por estatuto? Adicionais por formação profissional? Licença-prêmio? Tudo isso e mais o reajuste anual da inflação? Outro detalhe, importantíssimo: Estabilidade, o empregador não pode demitir sem justa causa, sem processo judicial.

Governos e servidores vão precisar sentar para discutir o futuro, por uma simples razão: os contribuintes, nós, o povo, o povão, não temos mais como continuar pagando os salários da forma como estão contratados.

RECADO AOS CANDIDATOS
Neste quadro de choque de verdade, tão importante neste momento crucial do nosso país, é preciso que os candidatos parem de mentir descaradamente, a começar para os servidores.

Eles não poderão fazer o que os servidores querem e ainda precisam sentar para reduzir privilégios que o povo não pode continuar pagando.

SUGESTÃO AOS ELEITORES
Quando os candidatos assumirem compromissos impagáveis com os servidores, não vote neles porque você vai pagar a conta. Simples e direto assim.

Os servidores são empregados do povo, assim como os eleitos, aqueles em quem votamos. Hoje parece que as coisas se inverteram. Nós é que somos os servos, os escravos dos eleitos e dos servidores.

SONHO AO CONTRÁRIO
O Brasil se transformou no país em que os jovens sonham em fazer um concurso público e passar. Ponto. Resto da vida estável e bem-sucedido, sem muitos compromissos. Como eles dizem, “de boa”.  
Ao contrário, nos países desenvolvidos, o grande sonho é empreender e crescer, ou conseguir um emprego em uma empresa privada sadia, ligada no mercado, e fazer carreira por lá, alcançando sucesso a partir do que produz, do que agrega de valor à empresa e aos seus clientes.

PRÉ-CANDIDATO EM SARANDI I – CONRADO FERRI (PR)
O diretor geral do Hospital Metropolitano de Sarandi, Conrado Ferri, e o deputado federal Luiz Nishimori, foram recebidos na tarde desta terça, 2, em Brasília, pelo vice-presidente da República, general Hamilton Mourão.

Conrado é pré-candidato a prefeito de Sarandi.

PRÉ-CANDIDATO EM SARANDI – EDILSON BARBOSA (MDB)
O médico Edilson Barbosa, presidente do MDB em Sarandi, muito cotado como pré-candidato a prefeito, assumiu a presidência do Rotary Club de Sarandi Renascer, para a gestão 2019/2020.

Ele tem um trabalho humanitário reconhecido e o apoio à sua pré-candidatura a prefeito de Sarandi tem crescido, com adesões e manifestações de grupos e associações.

CPI DA JMK VAI CONVOCAR O EX-SECRETÁRIO CHEFE DA CASA CIVIL, VALDIR ROSSONI             
Na reunião da CPI da JMK, realizada ontem, quarta-feira, dia 3, foi ouvido o delegado Benedito Gonçalves que era responsável por recepcionar as denúncias de não execução de serviços das viaturas do Estado.

O delegado, após ser perguntado pelo relator deputado Jacovós, confirmou que existia uma deficiência na fiscalização por parte do DETO (Departamento de Gestão do Transporte Oficial) e que a Polícia Civil não tinha poder de fiscalizar ou multar a empresa JMK.

Pelo fato de também ter confirmado que sócios ocultos da empresa se reuniam na Casa Civil com o ex-secretário Rossoni, o deputado Do Carmo, propôs convocação do mesmo para prestar depoimento.

O presidente da Comissão, deputado Soldado Fruet, ainda não marcou a data deste depoimento. Lembrando que Valdir Rossoni presidiu a Assembleia Legislativa, comandou durante anos a poderosa Comissão de Constituição e Justiça da casa e é deputado estadual, eleito no ano passado com 72.096 votos, pelo PSDB.

NOVAS AÇÕES E PERSPECTIVAS DO AGRONEGÓCIO NO CENÁRIO INTERNACIONAL
No dia 23 de julho, a Comissão de Direito Internacional OAB Maringá realizará o encontro “Novas Ações e Perspectivas do Agronegócio no Cenário Internacional”. Será a partir das 19 horas, no Auditório da OAB Maringá.

Recebi do advogado Alexandre Raposo, presidente da Comissão de Direito Internacional da OAB Maringá, a programação:

Palestrante: Deputado federal Luiz Nishimori. Tema: Novo Governo e Prioridades Diplomáticas e Comerciais Internacionais ao Agronegócio.

Palestrante: Drª Letícia de Souza Baddauy. Tema: Mediação e Arbitragem no Agronegócio Internacional.

Palestrante: Gerente Comercial da COCAMAR, Anderson Alves Bertolleti. Tema: Impasse USA X China e o impacto nos custos do agronegócio brasileiro.

O objetivo é mostrar e debater as mudanças que ocorrem no cenário do agronegócio globalizado, buscando maiores e melhores soluções na área.

Notícias da mesma editoria