Osmar Dias deve se manifestar hoje sobre a sua candidatura e o PDT
Acompanhe O Assunto é política com Diniz Neto, de segunda a sexta, às 09h40 e às 14h20

O Assunto é Política

Osmar Dias deve se manifestar hoje sobre a sua candidatura e o PDT

O Assunto é Política por Diniz Neto em 02/08/2018 - 10:20

TEMPO 2 de agosto. Faltam 66 dias para o primeiro turno das eleições 2018. No próximo domingo, 5 de agosto, encerra o prazo para a realização das convenções partidárias. O registro das atas das convenções deve ser feito até o dia 15 de agosto. No dia 16 começa a campanha.

 PRONUNCIAMENTO DE OSMAR DIAS É AGUARDADO

Osmar Dias, pré-candidato a governador pelo PDT, deve se posicionar hoje sobre o partido e as candidaturas na majoritária e nas chapas para deputado estadual e federal.

A aproximação do PSC com o Podemos, indicando Paulo Rabello como vice de Alvaro Dias, tem reflexos no Paraná.

 JOÃO ARRUDA FELIZ EM SER UMA DAS VOZES DA OPOSIÇÃO, NO PARANÁ

O deputado federal João Arruda, que deverá ser o candidato a governador pelo MDB, está feliz com a indicação que o coloca como uma das vozes de oposição, no Paraná.

 PSDB DIZ QUE AINDA ESPERA UMA COLIGAÇÃO COM O PP

Na convenção do PSDB, o presidente do partido, Beto Richa, pré-candidato ao Senado, disse que o partido ainda espera um consenso e coligação com o PP.

Momentos antes da convenção recebi uma informação, de um filiado do PSDB, que participa do processo, pré-candidato a deputado, de que Beto Richa anunciaria na convenção que o partido seguiria de chapa pura na majoritária e na proporcional.

A mudança deve ter ocorrido em razão da pressão dos deputados candidatos à reeleição e os pré-candidatos das chapas a estadual e federal, para quem as coligações são importantes.

O distanciamento entre PSDB e PP parece que teve início com a ausência de Beto Richa na convenção do PROS e PMB. Se acentuou com o vazamento de informações de que o PSDB estudava chapa pura ao Senado.

A governadora Cida Borghetti e o deputado federal Ricardo Barros, do PP, articulador político do partido e do bloco de coligados, não estiveram na convenção do PSDB. A governadora viajou no fim da tarde de ontem para Brasília, onde cumpre agenda hoje em reuniões com ministros e com o presidente da Caixa.

 GOVERNADORA EM BRASÍLIA

A governadora do Paraná, Cida Borghetti, viajou ontem, às 18 horas, em avião de carreira, para Brasília. Às 8h30 ela será recebida pelo ministro da Saúde, Gilberto Occhi. Às 15 horas, pelo ministro do Desenvolvimento Social, Alberto Beltrame. Às 16 horas, ministro do Transportes, Valter Casimiro. Às 17 horas ela será recebida pelo presidente da Caixa Econômica Federal, Nelson de Souza.

 NA REGIÃO

O pré-candidato a governador pelo PSD, Ratinho Junior, esteve ontem na região, cumprindo agenda em Campo Mourão e Umuarama.

 

COMITÊ ESPECIAL CONTRA NOTÍCIAS FALSAS

O PSD criou um grupo de trabalho que se dedicará ao combate de “fake news”.

A equipe será formada por vários especialistas, com formação jurídica, na área de Tecnologia da Informação e na área de Comunicação, com dedicação exclusiva ao combate de informações falsas disseminadas na internet.

 DEMOCRATAS COM CIDA

Na convenção realizada na manhã de ontem, 1º de agosto, o Partido Democratas confirmou apoio a candidatura de Cida Borghetti para o governo do Paraná.

O Democratas também aprovou apoio às candidaturas ao Senado do deputado federal Alex Canziani (PTB), e do ex-governador, Beto Richa (PSB).

Alex Canziani (PTB) e Beto Richa (PSDB) participaram da convenção do Partido Democratas.

Até o momento Cida Borghetti recebeu o apoio oficial de Pros, PMB, PTC, PMN, PSB e DEM.

 PHS E PPS REALIZAM CONVENÇÕES NESTA QUINTA-FEIRA, DIA 2

Realizam convenções hoje o PHS, no Edifício 7th Avenue, na avenida Sete de Setembro, 2451, às 19 horas, e o PPS, a partir das 17 horas, no Lizon Hotel, em Curitiba.

 RICARDO BARROS ANUNCIA QUE PP APOIARÁ GERALDO ALCKMIN

O deputado federal Ricardo Barros, que havia se colocado à disposição do seu partido PP, como pré-candidato a presidente, divulgou nota ontem, dia 1º de agosto, informando que o partido estará com Geraldo Alckmin, do PSDB, na campanha à Presidência da República.

O apoio será oficializado nesta quinta-feira, 02, durante a Convenção Nacional do Progressistas, em Brasília. A mensagem de Ricardo Barros é a seguinte:

“Amigos Progressistas, amanhã na Convenção Nacional vamos formalizar apoio ao amigo Geraldo Alckmin. Suspendo, portanto, a minha proposta de concorrer à Presidência da República. Entendo acertada a escolha de Alckmin, e sei que esta é a posição majoritária dos progressistas. Agradeço o apoio e o respeito recebido e continuarei como soldado para qualquer missão partidária retomando minha candidatura a deputado federal pelo Paraná. Ricardo Barros”.

 PV TEM QUE DECIDIR SE ACEITA INDICAR VICE DE MARINA

O médico Eduardo Jorge, do PV, já aceitou ser candidato a vice-presidente na chapa de Marina Silva. Agora o partido precisa aprovar a coligação.

Marina continua conversando com PHS, PROS e PMN para uma coligação.
Caso as coligações não ocorram, o partido fechará com chapa pura. Neste cenário caseiro, são cotados o presidente da Flamengo, Eduardo Bandeira de Mello, o economista Ricardo Paes de Barros e o ator Marcos Palmeira.

 PSC TERÁ CANDIDATO A VICE DE ALVARO DIAS (PODEMOS)

O PSC fechou nesta quarta-feira, 1º de agosto, apoio ao pré-candidato do Podemos ao Palácio do Planalto, o senador paranaense Alvaro Dias, e anunciou o ex-presidente do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), Paulo Rabello de Castro, para a vaga de vice.

Rabello apresentou uma carta ao partido solicitando que ele fosse liberado da candidatura de presidente para compor uma chapa de vice com o senador.

Além disso, o Partido Republicano Progressista (PRP), legenda do general da reserva Augusto Heleno Pereira, também decidiu apoiar Alvaro Dias, em convenção nacional realizada em São José do Rio Preto (SP). O general chegou a ser cotado para vice na chapa de Jair Bolsonaro (PSL) à Presidência, mas a sigla não fechou o acordo. Para o presidente nacional do PRP, Ovasco Roma Altimari, o senador paranaense representa “equilíbrio” para o País.

VICE DE ALCKMIN – SERÁ UMA MULHER?

Ontem Geraldo Alckmin disse que tem uma lista com sete prováveis vices. A definição deve ficar para domingo. Aos 5 minutos da prorrogação...

Esta semana os nomes do ex-ministro e ex-deputado federal Aldo Rebelo (SD) e da senadora Ana Amélia (PP-RS) passaram a ser muito citados entre integrantes do chamado “centrão”, grupo de partidos formado por DEM, PP, PRB, PR e Solidariedade.

Há uma defesa forte no grupo para que a vice seja uma mulher.

Na disputa entre Aldo Rebello e Ana Amélia, pesa a favor do ex-ministro o fato de ser do nordeste. Ele nasceu em Viçosa, Alagoas. Foi vaqueiro na fazenda do ex-senador Teotônio Vilela. Mas fez carreira política em São Paulo, começando como vereador, em 1988, na capital paulista.

 

CONVENÇÕES AGENDADAS

• PPS, 2 de agosto, a partir das 17 horas, no Lizon Hotel, em Curitiba.

• PHS, 2 de agosto, Edifício 7th Avenue, na avenida Sete de Setembro, 2451, às 19 horas.

• PTB, 3 de agosto, das 17 às 21 horas, no Victória Villa Hotel, em Curitiba.

• PDT, 4 de agosto, a partir das 13 horas, no Clube Dom Pedro II, situado na Rua Brigadeiro Franco, 3662, Rebouças, Curitiba.

• PSL, 4 de agosto.

• PODEMOS, convenção em 4 de agosto, no Paraná Clube (será nacional, para lançamento de Alvaro Dias).

• PATRIOTA, 4 de agosto, 8 horas, à alameda Julia da Costa, 340, Hotel Flat Petras Residence.

• PP, dia 4 de agosto, a partir das 10 horas, no Espaço Torres, à rua Pergentina Silva Soares, 159 – Jardim Botânico, Curitiba.