Ouvinte pergunta por que medicamentos prescritos para crianças e pacientes com suspeita de Covid são entregues no mesmo local, em Maringá
Imagem Ilustrativa/Foto: Arquivo/Agência Brasil

Você faz a pauta

Ouvinte pergunta por que medicamentos prescritos para crianças e pacientes com suspeita de Covid são entregues no mesmo local, em Maringá

Cidade por Luciana Peña em 25/09/2020 - 12:36

Trata-se da farmácia 24h da Zona Norte. A CBN foi até o local para entender como funciona.

Uma ouvinte que levou o filho para ser atendido no PA da pediatria na Zona Norte de Maringá entrou em contato com a CBN para questionar por que medicamentos prescritos para as crianças são entregues no mesmo local em que pacientes com suspeita de Covid-19 retiram os remédios.

A CBN foi até lá entender o que está acontecendo.

Trata-se da farmácia 24h da Zona Norte. Maringá tem duas farmácias 24hs. A da zona Sul funciona no Hospital Municipal.

A da zona norte funciona no complexo da UPA Zona Norte onde estão, de um lado a pediatria, e do outro a unidade exclusiva para sintomas respiratórios.

A farmácia fica num corredor que leva para o prédio da pediatria. O acesso para os pacientes é pelo lado de fora.

Os farmacêuticos entregam os medicamentos por uma janela. Uma fita de isolamento mantém a distância de um metro entre o balcão e o paciente.

Nesta farmácia são entregues todos os tipos de medicamentos, tanto os receitados para crianças e suspeitos de Covid, quanto para as demais doenças: HIV, sífilis, gripe pneumonia, entre outras…

Nós perguntamos para a diretora da UPA Zona Norte, Suelen Cardoso, se é irregular entregar no mesmo local remédios para a população em geral e para os pacientes com suspeita de Covid-19, como questionou nossa ouvinte. [ouça no áudio acima]

A diretora explica que na farmácia 24h, os atendentes e farmacêuticos seguem as regras de distanciamento e sanitárias. [ouça no áudio acima]

Por fim, a direção da UPA explicou que manter uma farmácia 24h só para pacientes com suspeita de Covid-19 seria impraticável, além do que poderia gerar preconceito. Daqui para frente a população terá que aprender a conviver com o vírus, seguindo as regras de distanciamento e higiene.

Farmácia 24h na Zona Norte | Foto: Luciana Peña/CBN Maringá
Farmácia 24h na Zona Norte | Foto: Luciana Peña/CBN Maringá
Farmácia 24h da Zona Norte | Foto: Luciana Peña/CBN Maringá
Farmácia 24h da Zona Norte | Foto: Luciana Peña/CBN Maringá