Paraná confirma segundo caso de 'varíola dos macacos'
Imagem Ilustrativa/Representação abstrata do vírus da varíola/Gerd Altmann/Pixabay

Saúde

Paraná confirma segundo caso de 'varíola dos macacos'

Saúde por Victor Ramalho em 06/07/2022 - 14:18

O paciente é um homem, de 27 anos e morador de Curitiba, que esteve recentemente em viagem à Europa. É o segundo caso confirmado da doença no Estado nos últimos dias. Outros oito casos suspeitos seguem em investigação.

A Secretaria de Estado da Saúde do Paraná (Sesa-PR) confirmou na tarde desta quarta-feira (6) o segundo caso de Monkeypox, popularmente conhecida como 'varíola dos macacos', no Estado. O paciente é um homem, de 27 anos e morador de Curitiba, que esteve recentemente em viagem à Europa. Trata-se do segundo caso confirmado da doença no Paraná nos últimos dias.

No último domingo (3), a Sesa já havia confirmado um outro caso da doença. Na ocasião, um homem, de 31 anos e também morador de Curitiba, teve o diagnóstico positivo. Neste caso, segundo a Secretaria de Saúde, o paciente tem histórico de viagem recente para o Estado de São Paulo.

Até o momento, os dois casos confirmados de varíola dos macacos no Paraná são considerados importados, ou seja, a doença não foi transmitida localmente. Ainda conforme a Sesa, outros oito casos suspeitos da doença estão sob análise.

Entre os oito casos em investigação, são 4 pacientes em Curitiba, 1 em Pinhais, 1 em Campina Grande do Sul, 1 em Cascavel e 1 em Londrina.

As amostras de todos os pacientes foram coletadas e encaminhadas para o Laboratório Central do Estado (Lacen/PR), responsável pela articulação com o Ministério da Saúde para envio ao laboratório de referência para casos desta doença no Brasil, em São Paulo.

A varíola do macaco é uma doença viral e a transmissão entre humanos ocorre, principalmente, por meio de contato com lesões de pele de pessoas infectadas. A infecção causa erupções que geralmente se desenvolvem pelo rosto e depois se espalham para outras partes do corpo. Os principais sintomas envolvem febre, dor de cabeça, dores musculares, dores nas costas, calafrios e fadiga.

Quer enviar sugestão, comentário, foto ou vídeo para a CBN Maringá? Faça contato pelo WhatsApp (44) 99877 9550