Paraná registra queda no saldo de desemprego nos três primeiros meses do ano
Imagem ilustrativa/Foto: José Fernando Ogura/AEN

Boa notícia

Paraná registra queda no saldo de desemprego nos três primeiros meses do ano

Economia por Letícia Tristão em 16/05/2022 - 09:54

 Com relação à geração de emprego, Maringá foi a segunda cidade do estado que mais empregou no período. 

O Paraná registrou saldo de desocupação de 6,8% no primeiro trimestre deste ano. Houve queda em comparação com o mesmo período do ano passado, quando a porcentagem era de 7%. Os dados são do IBGE, Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística.

Quando comparado com os resultados de outros estados, o Paraná também registra um dos maiores percentuais de pessoas empregadas com carteira assinada na iniciativa privada, 81%, atrás de Santa Catarina, São Paulo e Rio Grande do Sul.

Outro índice é com relação ao percentual de pessoas desocupadas por insuficiência de horas trabalhadas. Segundo os dados, o Paraná tem o terceiro menor percentual, 14%. Na média nacional, no primeiro trimestre, o percentual foi de 23,2%. O governador Carlos Massa Ratinho Junior comenta os resultados. [ouça o áudio acima]

Com relação aos dados do Caged, o Cadastro Geral de Empregados e Desempregados do Ministério do Trabalho, Maringá foi a segunda cidade do Paraná na geração de empregos formais nos três primeiros meses do ano. Foram abertos 2.871 postos de trabalho. Maringá ficou atrás apenas de Curitiba, que contratou 17.321 pessoas no primeiro trimestre. Depois de Maringá veio Cascavel, São José dos Pinhais, Toledo, Araucária e Londrina.