Passageiros revoltados com a paralisação do transporte coletivo
Foto: Luciana Peña/CBN Maringá

Maringá

Passageiros revoltados com a paralisação do transporte coletivo

Cidade por Luciana Peña em 08/04/2021 - 08:20

Os usuários do transporte coletivo em Maringá foram pegos de surpresa com a greve de motoristas. Na manhã desta quinta-feira (8), a imagem que se via no terminal urbano era de passageiros ao celular comunicando atrasos e chamando carona e carros por aplicativos.

A primeira surpresa veio nesta quarta-feira (7) no meio da tarde, quando os motoristas da empresa de transporte coletivo Cidade Canção foram comunicados que os salários do mês não seriam depositados.

A segunda surpresa foi na manhã desta quinta-feira (8) para milhares de usuários do transporte urbano que ficaram sem ônibus porque sem salário os motoristas decidiram cruzar os braços.

O diretor sindical Emerson Silva disse que em assembleia os motoristas decidiram não trabalhar enquanto não receberem os salários. [ouça o áudio acima]

Mas sem saber da decisão dos motoristas, a população penou. Nilce Martins veio de Sarandi com o ônibus metropolitano Cidade Verde, mesmo grupo da TCCC, mas que não parou. O problema foi ao chegar aqui. Precisou ligar para o marido e pedir que ele viesse a Maringá para levá-la até o trabalho. Um transtorno. [ouça o áudio acima]

O que mais se via no terminal nesta manhã eram passageiros ao celular. Ligando para os chefes, comunicando atrasos ou chamando um carro por aplicativo. Carlos Tortolero estava há quase uma hora no terminal sem saber o que fazer. [ouça o áudio acima]

A chefe do setor de limpeza de uma seguradora Ivani Andrade estava revoltada. Apenas um dos 18 funcionários do setor conseguiu chegar para o trabalho. [ouça o áudio acima]

A TCCC informou que não conseguiu pagar os salários porque sem auxílio do poder público o sistema de transporte entrou em colapso financeiro.