Pelo segundo ano consecutivo, Maringá não terá a tradicional Prova Tiradentes
Foto: Vivian Silva/Arquivo/PMM

Corrida de rua

Pelo segundo ano consecutivo, Maringá não terá a tradicional Prova Tiradentes

Esporte por Letícia Tristão em 20/04/2021 - 15:27

A pandemia do coronavírus afetou drasticamente o calendário esportivo. Em Maringá, a prova seguia para a 46ª edição e reunia milhares de atletas, inclusive internacionais, todos os anos.

A Prova Rústica Tiradentes é uma das maiores competições de corredores de rua do calendário esportivo local e também nacional. Reúne milhares de atletas todos os anos, inclusive corredores de outros países.

O trajeto da Prova Rústica Tiradentes é de 10 mil metros, passando pelo centro de Maringá e o Parque do Ingá. Em 2019, a competição teve 8 mil inscritos, com atletas de 200 cidades.

Em 2020, seria realizada a edição de número 46 da competição. Mas por causa da pandemia, a prova foi suspensa. Mais de sete mil pessoas já tinham feito a inscrição para a prova. Este, é o segundo ano que Maringá passa o feriado de Tiradentes sem a tradicional corrida de rua.

Segundo o membro fundador da Acorremar - Associação dos Corredores de rua de Maringá -, Fernando Alex Fernandes, que também é atleta de alto rendimento, é uma grande perda para o setor esportivo de Maringá. [ouça o áudio acima]

A estimativa da Acorremar é que existam cerca de 40 grupos de corredores de rua em Maringá e cidades da região. São entre 5 e 6 mil corredores que treinavam diariamente pelas ruas da cidade. Segundo Fernando, muitos atletas desanimaram nesse período de pandemia, e até desistiram do esporte. [ouça o áudio acima]

A pandemia do coronavírus fez vítimas também no meio esportivo. Em Maringá, dois atletas bastante conhecidos não resistiram à doença. [ouça o áudio acima]

A Prova Rústica Tiradentes é homologada pela Confederação Brasileira de Atletismo (CBAt) e integra o calendário nacional desde 1997.