Percentual gasto na Educação em Maringá está em 9,6%, abaixo do índice obrigatório de 25%
Foto: Divulgação/PMM

Investimentos

Percentual gasto na Educação em Maringá está em 9,6%, abaixo do índice obrigatório de 25%

Educação por Luciana Peña em 26/05/2021 - 09:49

A explicação, segundo a Secretaria de Fazenda, é o aumento na arrecadação e a queda nas despesas de custeio por causa da suspensão de aulas presenciais.O índice constitucional deve ser atingido até o fim do ano com a antecipação de investimentos, como, por exemplo, a instalação de aparelhos de ar condicionado  em todas as salas de aula da rede municipal de ensino.

Pela Constituição de 1988, todos os municípios são obrigados a investir 25% dos impostos arrecadados e das transferências de impostos, na área da educação.

Na prestação de contas da Secretaria de Fazenda de Maringá, nessa terça-feira, o secretário Orlando Chiqueto disse que no primeiro quadrimestre deste ano, o investimento foi de 9,6%, bem abaixo dos 25% obrigatórios.

Mas segundo o secretário existe explicação para o número reduzido. Uma delas é uma boa notícia: o aumento na arrecadação de impostos. A outra razão é a esperada queda de despesas de custeio depois de mais de um ano com aulas presenciais suspensas.[ouça o áudio acima]

O percentual gasto na educação foi um dos questionamentos dos vereadores que acompanharam a audiência de prestação de contas.

O secretário disse que a economia ‘indesejada’ com gastos na educação será compensada com a antecipação de investimentos, como por exemplo, a instalação de aparelhos de ar condicionado em toda a rede municipal de ensino. [ouça o áudio acima]

Em valores absolutos, foram investidos na área da educação, no primeiro quadrimestre, R$ 43 mi.

 

Quer enviar sugestão, comentário, foto ou vídeo para a CBN Maringá? Faça contato pelo WhatsApp (44) 99877 9550