Polícia fecha oficina que vendia combustíveis irregularmente
Foto: Polícia Civil

Sarandi

Polícia fecha oficina que vendia combustíveis irregularmente

Segurança por Monique Manganaro/GMC Online em 02/09/2020 - 17:09

A Polícia Civil de Sarandi fechou uma oficina da cidade que funcionava como posto de combustíveis, vendendo o produto de forma irregular. A ação aconteceu na tarde desta terça-feira (1º.)

Os suspeitos utilizavam um imóvel à margem da BR-376. Equipes da polícia chegaram ao local e prenderam em flagrante o gerente do posto e o motorista de um carro que estava sendo abastecido com o combustível irregular. 

De acordo com informações do delegado de Sarandi, Adriano Evangelista dos Santos, o motorista do carro foi preso por receptação e o gerente do posto por comércio irregular de combustível, receptação e associação criminosa. 

Enquanto os policiais ainda estavam no imóvel, um caminhão-tanque chegou ao local e o motorista, ao perceber a presença da polícia, decidiu retornar e fugir pela rodovia, sentido a Maringá. 

As equipes acompanharam o caminhão e abordaram o condutor no Contorno Norte. Em conversa com os policiais, o motorista, que é funcionário de uma transportadora, confirmou que iria ao local deixar combustível. Segundo ele, a intenção era desviar 20 litros de combustível por “boca” do caminhão, totalizando 60 litros desviados. 

O homem também foi preso por associação criminosa. “Ele falou que essa prática era comumente realizada por ele”, destaca o delegado. 

Na oficina em Sarandi, a polícia apreendeu anotações que confirmavam a venda irregular dos combustíveis.

“Os policiais ainda vão realizar diligências, principalmente no entorno [do local], para ver a quantidade, o movimento de veículos que entravam nesse imóvel e, certamente, desviam combustível em prejuízo às distribuidoras dessa mercadoria e postos de combustíveis”, ressalta Santos. 

Acesse GMC Online

 

foto: Polícia Civil
foto: Polícia Civil