Precisamos aprender com Kehinde, protagonista de “Um defeito de cor”
Legenda: Ana Maria Gonçalves publicou “Um defeito de cor” em 2006 | Foto: Reprodução/SecultBA

Biblioteca CBN

Precisamos aprender com Kehinde, protagonista de “Um defeito de cor”

Biblioteca CBN por Victor Simião em 04/07/2020 - 11:20

Publicado em 2006, romance de Ana Maria Gonçalves mostra a epopeia da africana Kehinde, escravizada no Brasil no século 19. Por aqui ela recebeu o nome de Luiza, participou de momentos importantes contra a escravidão e se tornou livre. “Um defeito de cor” tem 950 páginas, mas é uma leitura que prende, avalia o colunista Victor Simião. 

Você tem uma pergunta ou sugestão para o Victor Simião?

Envie e-mail para bibliotecacbn@cbnmaringa.com.br ou mande uma mensagem para o WhatsApp da rádio. O número é (44) 99877-9550. 

O colunista está no Twitter e no Instagram. Ele também é cronista do GMC Online, portal de notícias do Grupo Maringá de Comunicação. Lá, Victor Simião assina a coluna "Bloco de Notas".  

O Biblioteca CBN vai ao ar aos sábados, às 10h40