Preços de combustíveis ficam até R$ 0,60 mais baratos em postos de Maringá
Foto: Ilustrativa/Marcello Casal Jr./Agência Brasil

Redução

Preços de combustíveis ficam até R$ 0,60 mais baratos em postos de Maringá

Economia por Monique Manganaro/GMC Online em 30/06/2022 - 14:23

Depois de períodos difíceis, motoristas devem ter um “respiro” com a diminuição dos preços de combustíveis em todo o Brasil. Uma semana após o presidente Jair Bolsonaro (PL) sancionar a lei que limita os impostos federais, os combustíveis em Maringá já estão até R$ 0,60 mais baratos em alguns postos da cidade. 

Uma decisão do governo Federal zerou os impostos federais de combustíveis. A mudança foi formalizada com a publicação da Lei Complementar 194, de 2022, em edição extra do Diário Oficial da União na quinta-feira passada, 23.

Desde então, a gasolina e o etanol começaram a ser negociados com preços mais baixos. Em uma semana, a gasolina teve redução de aproximadamente R$ 0,60, passando de R$ 7,54 para menos de R$ 7 em alguns postos de Maringá. Já o etanol caiu mais de R$ 0,40, em média. Há algumas semanas, o litro do combustível era comercializado por R$ 5,34. Agora, os motoristas já encontram por R$ 4,74 nas bombas, uma redução de R$ 0,60.

De acordo com Paulo Vital, dono de uma rede de postos de combustíveis na cidade, apesar do cenário positivo causado pela queda nos preços da gasolina e do etanol, a expectativa é que haja redução, também, no preço do óleo diesel. “Nós estamos esperando que aconteça o mesmo com o óleo diesel, já que essa semana vai ser votada uma PEC no Congresso e, sendo aprovada, depois da sanção presidencial, ela começa a ter efeito. Vai poder cair o preço do óleo diesel em até R$ 0,90”, comenta o empresário. 

Segundo ele, a redução nos preços dos combustíveis não é interessante apenas para o consumidor, mas também para comerciantes. Vital afirma que apenas nesta primeira semana com preços mais baixos foi possível sentir um aumento de aproximadamente 15% nas vendas. “Quanto mais barato nas bombas, maior é a venda. É interessante para todo mundo”, diz. 

Procurado pela reportagem, o Sindicato do Comércio Varejista de Combustíveis e Lojas de Conveniências do Estado do Paraná se manifestou por meio de nota e confirmou que a diminuição do preço dos combustíveis já é reflexo da manobra do governo federal. 

“A tendência de baixa de preços no mercado, notada na gasolina e etanol nos últimos dias, é reflexo da redução dos impostos federais prevista na Lei Complementar nº 194/2022, publicada na última quinta-feira. As distribuidoras, de uma forma geral, começaram a repassar gradualmente aos postos as alíquotas zeradas nos tributos federais PIS, COFINS e CIDE. Já a redução no ICMS, que é um imposto estadual, depende de regulamentação do Estado do Paraná”, destacou o sindicato. 

Acesse GMC Online

Quer enviar sugestão, comentário, foto ou vídeo para a CBN Maringá? Faça contato pelo WhatsApp (44) 99877 9550

Foto: Arquivo pessoal
Foto: Arquivo pessoal