Reforma Protestante foi campo fértil para o capitalismo

História

Reforma Protestante foi campo fértil para o capitalismo

Cultura por Gilson Aguiar em 17/11/2017 - 11:41

A diretora do Museu da Unicesumar, Loide Caetano, fala sobre os desdobramentos das igrejas protestantes ao longo da história do Ocidente e no Brasil. Maringá, segundo Caetano, a presença marcante das igrejas protestantes está ligada ao espírito empreendedor da cidade. Ao mesmo tempo que estimula os empreendimentos, o movimento protestante refletiu o espírito inovador da cidade.