Regional de Saúde de Maringá registra 40 casos de hanseníase por ano
Carina Bernardino/CBN Maringá

Hanseníase

Regional de Saúde de Maringá registra 40 casos de hanseníase por ano

Saúde por Carina Bernardino em 28/05/2019 - 19:03

A doença infecciosa é causada por uma bactéria que atinge pele e nervos. Em 2018, foram registrados 555 casos no Paraná, sendo quase 60% em homens. 

No último dia 26 foi celebrado o Dia Estadual da Hanseníase, doença infecciosa crônica causada por uma bactéria que atinge pele e nervos. O Brasil é o segundo país com o maior número de casos de hanseníase, depois da Índia. No Paraná, nos últimos cinco anos, foram registrados três mil casos da doença.

Por conta disso, esta semana profissionais da atenção básica da 15ª Regional de Saúde estão sendo capacitados para a avaliação neurológica simplificada. O treinamento vai até quinta-feira (30). Segundo a fisioterapeuta do Ministério da Saúde, Carolina Dias, a capacitação é sobre prevenção e tratamento de incapacidades.

Dos 555 casos novos diagnosticados em 2018 no Paraná, 58% eram homens e 41%, mulheres. Ainda segundo o Ministério da Saúde, quase 85% dos casos novos foram diagnosticados na fase avançada da doença e 50% apresentaram algum grau de incapacidade física. A enfermeira da 15ª Regional de Saúde, Juliana Ciofi, diz quais municípios recebem o treinamento. 


Hanseníase é uma doença com evolução lenta, por isto, a prevenção de incapacidades em hanseníase inclui um conjunto de medidas para evitar a ocorrência de danos físicos, emocionais e socioeconômicos dos pacientes.