Sesa confirma uma morte por H3N2 em Mandaguaçu
Imagem Ilustrativa | Foto: Geraldo Bubniak/Arquivo/AEN

Gripe

Sesa confirma uma morte por H3N2 em Mandaguaçu

Saúde por Luciana Peña em 06/01/2022 - 08:30

No boletim divulgado nessa quarta-feira (5) há outros dois casos de morte pela doença e 113 novos casos de contaminação pela cepa considerada um tipo do vírus Influenza A. A Secretaria de Saúde do Paraná distribuiu Tamiflu para reforçar os estoques das regionais.

Um homem de 64 anos com comorbidade e que não tomou a vacina contra a gripe em 2021, segundo a Secretaria de Saúde do Paraná (Sesa), morreu em Mandaguaçu em decorrência do vírus H3N2. A informação está no boletim sobre a doença divulgado nessa quarta-feira (5) pela Sesa.

A enfermeira Eloísa Sella, da Vigilância Epidemiológica da Secretaria de Saúde de Mandaguaçu, diz que a vacinação contra a gripe na cidade não atingiu a meta estipulada pelo Ministério da Saúde, mas agora a procura pela vacina aumentou. [ouça o áudio acima]

O boletim epidemiológico da Sesa traz também mais duas mortes pelo vírus. Duas mulheres de 77 e 79 anos, com comorbidade e não vacinadas, que moravam em Paranaguá.

O documento traz ainda 113 novos casos de H3N2. Segundo o Estado, há transmissão comunitária do vírus, ou seja, já não é mais possível definir a origem da transmissão.

O secretário de Saúde do Paraná, Beto Preto, disse à Agência Estadual de Notícias que a rede pública ainda tem vacina contra a gripe. [ouça o áudio acima]

E a Sesa enviou para as regionais de saúde 380 mil unidades de Tamiflu. O medicamento é tratamento contra a Influenza, portanto também contra o H3N2.

O remédio evita o agravamento do quadro clínico e diminui o risco de morte quando administrado em até 48 horas após a infecção. O medicamento deve ser receitado por um médico que irá prescrever a dosagem adequada.

Agora, o Paraná soma 375 casos e quatro mortes pela doença. A primeira morte, de uma moradora de Maringá, foi confirmada pela Sesa no dia 20 de dezembro de 2021.

Quer enviar sugestão, comentário, foto ou vídeo para a CBN Maringá? Faça contato pelo WhatsApp (44) 99877 9550