Suspeito de aplicar golpe do consórcio em Maringá é preso
Muitas famílias estão procurando a Delegacia de Estelionato – Foto: Fábio Guillen/GMC Online

Crime

Suspeito de aplicar golpe do consórcio em Maringá é preso

Segurança por Fabio Guillen/GMC Online em 10/06/2020 - 14:41

Um homem, de 40 anos, foi preso pela Polícia Civil de Maringá por suspeita de aplicar golpes em dezenas de famílias da cidade e região. O suspeito é sócio de uma empresa de consórcios de Maringá.

A prisão ocorreu na terça-feira, 9. Segundo a Polícia Civil, foram apreendidas notas fiscais e um notebook na empresa e na casa do suspeito. O delegado de estelionato de Maringá, Fernando Garbelini, disse que está ouvindo as vítimas.

“Pelo 35 casos já foram registrados na delegacia. A gente estima que passa de cem vítimas. Ouvimos muitas pessoas de ontem pra hoje”, comentou o delegado.

Garbelini disse ainda que mais pessoas estão envolvidas no crime e já estão sendo investigadas. As vítimas relatam que compraram cartas de consórcio de imóveis ou carros contempladas, pagaram entrada, mas não tiveram acesso às cartas e nem aos bens adquiridos.

Uma das vítimas ouvidas pelo GMC Online na terça-feira, 9, disse que investiu R$ 60 mil na carta, mas não conseguiu ter direito ao bem e os responsáveis pela empresa desapareceram.

A reportagem está desde ontem tentando falar com os responsáveis pela empresa, mas não foi possível o contato.

Acesse GMC Online