Vereador e dois advogados de Altônia são novamente denunciados pelo MP
Imagem ilustrativa/Foto: Reprodução/internet

Fraudes

Vereador e dois advogados de Altônia são novamente denunciados pelo MP

Por Carina Bernardino em 22/10/2019 - 11:17

A denúncia é pelos crimes de falsidade ideológica e apropriação indébita, os mesmos de setembro. O trio é acusado de fraudes em processos indenizatórios contra empresas públicas e privadas.

Player Ouça o boletim

O MP (Ministério Público do Paraná) ofereceu denúncia nessa segunda-feira (21) contra três moradores de Altônia, município localizado no noroeste do estado. Um vereador da cidade e dois advogados foram denunciados pelos crimes de falsidade ideológica e apropriação indébita. 

Segundo o MP, o trio entrava na Justiça com ações indenizatórias usando o nome de pessoas e empresas que não tinham conhecimento dos fatos. O caso foi apurado pela Promotoria de Justiça de Altônia em parceria com o Departamento de Combate à Corrupção da Polícia Civil. 

Pela denúncia, os denunciados produziam documentos falsos, registravam reclamações junto às ouvidorias das empresas e ficavam com os valores recebidos das indenizações. 

A investigação ainda apontou que o grupo tinha divisão de tarefas, que o vereador captava os interessados em ajuizar ações contra as empresas, muitas vezes por fatos inexistentes na promessa de ganhos por danos morais. 

Com as procurações em mãos, o agente público repassava todos os documentos das vítimas aos advogados, que davam continuidade nas ações. Ainda de acordo com o Ministério Público, os três ajuizaram mais de 5 mil ações indenizatórias somente no Juizado Especial Cível de Altônia nos últimos cinco anos. Essa é a segunda denúncia contra os investigados. A primeira foi oferecida em setembro pelos mesmos crimes. 

Pela nova denúncia os dois advogados, que estão presos desde agosto, tiveram a prisão preventiva decretada. As fraudes em processos cíveis eram contra empresas públicas e privadas, como a TIM, Sanepar e Copel.

 

Notícias da mesma editoria