Conseg entrega ao prefeito abaixo-assinado contra Casa de Semiliberdade
Foto: Luciana Peña/CBN Maringá

Campos Elíseos

Conseg entrega ao prefeito abaixo-assinado contra Casa de Semiliberdade

Segurança por Luciana Peña em 02/10/2019 - 11:37

O Conselho Comunitário de Segurança de Maringá entregou ao prefeito Ulisses Maia um abaixo-assinado com mil assinaturas de  moradores do jardim Campos Elíseos e região que são contrários ao funcionamento de uma Casa de Semiliberdade, em construção no bairro. O prefeito disse que está negociando com o Estado para que a obra mude de finalidade e se torne uma casa para idosos.

Esta semana moradores do Jardim Campos Elíseos, em Maringá,  participaram de uma reunião do Conseg, Conselho Comunitário de Segurança, para tratar da Casa de Semiliberdade que está sendo construída no bairro. Os moradores são contra a instalação da unidade neste local e entregaram ao presidente do Conseg, Antônio Tadeu Rodrigues, um abaixo-assinado com mil assinaturas. E o documento foi levado nesta quarta-feira para o prefeito Ulisses Maia. 

Na semana passada a prefeitura embargou a obra que está sendo erguida pelo Estado num terreno doado pelo município em 2006. O valor da obra é de um milhão e 84 mil reais, com prazo de execução de 240 dias. Segundo a prefeitura, a obra tem os documentos necessários como impacto de vizinhança, mas não tem alvará para construção. O prefeito Ulisses Maia disse que soube da obra pela própria população e negocia com o Estado uma mudança de planos. A construção pode ficar para o município terminar e instalar ali um centro dia do idoso, por exemplo. 

A Paraná Edificações informou por meio de nota que a obra está regular. A Secretaria de Justiça, Família e Trabalho ressaltou que a Casa de Semiliberdade tem um importante papel social para a ressocialização de adolescentes em conflito com a lei.