Detidos pela PM em Nova Aliança compravam voto com vale-cerveja
Imagem Ilustrativa | Foto: Arquivo/Agência Brasil

Eleições 2020

Detidos pela PM em Nova Aliança compravam voto com vale-cerveja

Eleições 2020 por Luciana Peña em 15/11/2020 - 16:58

Essa foi uma das ocorrências registradas durante a eleição nas cidades da região noroeste do Paraná. Dez pessoas foram detidas. Apesar disso, a Polícia Militar considera que as eleições estão tranquilas.

Em 116 cidades da região noroeste do Paraná mais de 1400 polícias militares atuaram na segurança neste domingo de eleição. Foram várias denúncias de compra de voto, propaganda irregular, boca de urna e até ameaça a candidatos e eleitores.

Nem todas as denúncias se confirmaram. Mas dez pessoas acabaram detidas.

Em Marialva, duas pessoas foram detidas por desacato a juiz. Em Tapejara um detido por distribuição de panfletos. Em Goioerê, dois detidos por transporte de eleitor e uma mulher por compra de voto. Ela ofereceu pouco mais de mil reais.

Em Nova Aliança do Ivaí, a proposta foi diferente. Os dois detidos tentaram comprar o voto de eleitores com 152 vales-cerveja. Em Guairaçá teve ameaça a eleitor com arma de fogo e coronhada

Em Iretama uma pessoa foi presa com 300 santinhos de candidato. Em Perobal também teve detido com santinho.

Em Icaraíma um eleitor foi preso em flagrante tentando votar duas vezes. Para completar em Colorado teve tiro numa reunião de candidato e em Santo Inácio uma candidata a vereadora registrou queixa depois de receber ameaça por telefone.

O major Ademir Fonseca, oficial de comunicação do 3º Comando da Polícia Militar, disse que apesar do número de detidos a eleição está tranquila. [ouça no áudio acima]