‘Mais Mulheres no Poder’ avalia positivamente o resultado eleitoral
Imagem Ilustrativa/Foto: Rodisley Souza/Arquivo/CBN Maringá

Duas vereadoras eleitas

‘Mais Mulheres no Poder’ avalia positivamente o resultado eleitoral

Eleições 2020 por Victor Simião em 16/11/2020 - 16:43

Em Maringá, duas foram eleitas para a Câmara Municipal. Grupo deve seguir realizando ações - e vai cobrar o prefeito Ulisses Maia (PSD).

Criado neste ano para apoiar mulheres e pedir mais espaço para elas na política, o ‘Mais Mulheres no Poder’ de Maringá avaliou como positivo o resultado das eleições deste domingo (15). Das 15 cadeiras na Câmara Municipal, duas serão ocupadas por mulheres a partir de 2021 - na atual legislatura, não há nenhuma.

No pleito deste ano, duas mulheres concorreram à Prefeitura Municipal. 130 disputaram uma vaga no Legislativo.

O ‘Mais Mulheres…’ buscou dar formação política a elas. Além disso, entregou uma carta-compromisso aos 13 candidatos à Prefeitura. 12 assinaram, incluindo o prefeito Ulisses Maia (PSD), agora reeleito. No documento, dois pedidos: destinação de 4% do orçamento municipal para políticas envolvendo mulheres e 50% dos cargos do primeiro escalação para elas - uma divisão que busca paridade.


Uma das participantes do ‘Mais Mulheres’ é a jornalista Silvia Calciolari. Ela explica que o grupo seguirá com atividades e que irá cobrar Maia. [ouça no áudio acima]

Em relação ao prefeito, ele assinou a carta mas disse que o secretariado será técnico. Em razão disso, o ‘Mais Mulheres’ pretende sugerir nomes ao chefe do Executivo municipal.