Polícia Civil de Maringá vai investigar briga entre PM aposentado e motorista
Inquérito foi aberto na Delegacia de Maringá para investigar o caso – Foto: Divulgação Polícia Civil

Confusão

Polícia Civil de Maringá vai investigar briga entre PM aposentado e motorista

Segurança por Fabio Guillen/GMC Online em 18/06/2020 - 08:17

A Polícia Civil de Maringá abriu um inquérito para investigar a confusão que aconteceu no centro de Maringá envolvendo um motorista de aplicativo e um coronel aposentado da Polícia Militar. 

A briga, que aconteceu por volta das 19 dessa quarta-feira (17), na Avenida Horácio Raccanello Filho, no Novo Centro, terminou com socos e tiros que teriam sido disparados pelo coronel. 

Logo após a confusão, o motorista de aplicativo procurou a Delegacia de Maringá para fazer a perícia no carro e, também, prestar depoimento. Segundo apuração do GMC Online, o motorista disse à polícia que foi agredido primeiro com um soco na boca pelo coronel. 

Por volta das 21h dessa quarta-feira o coronel aposentado da PM também procurou a Delegacia de Maringá e registrou um boletim de ocorrência. No depoimento dele, o coronel disse que foi agredido com um soco na boca primeiro e, para se defender, atirou nos pneus do carro do motorista de aplicativo. O coronel, por enquanto, não entregou a arma. 

Para investigar a confusão, A Polícia Civil abriu um inquérito e na manhã desta quinta-feira, 18, investigadores da Delegacia de Maringá vão procurar câmeras de segurança do local que podem mostrar como ocorreu a briga. 

A reportagem não localizou o advogado do aplicativo e nem o coronel para comentarem o caso. 

O que diz a PM

A Comunicação do 4º Batalhão de Polícia Militar de Maringá informou, na manhã desta quinta-feira, 18, que a PM vai abrir um procedimento militar legal para apurar as informações da briga que envolve um policial militar da reserva e um motorista de aplicativo de transporte.

Acesse GMC Online

 

Precisa sair de casa? Use máscara. Clique aqui e saiba por que ela é importante