Setor de eventos de Maringá questiona novo decreto municipal
Imagem Ilustrativa | Foto: Arquivo/PMM

Economia

Setor de eventos de Maringá questiona novo decreto municipal

Economia por Letícia Tristão em 19/01/2022 - 15:32

A medida foi considerada muito rigorosa pelo setor que foi fortemente afetado e está retomando as atividades. Quem estava com evento marcado também não entende o que sustenta a decisão adotada somente em Maringá.

O novo decreto publicado pela Prefeitura de Maringá nesta quarta-feira (19)

pegou o setor de eventos de surpresa.

O documento, já em vigor por 30 dias, limita em mil o número máximo de participantes.

Com isso, formaturas, casamentos e shows que estavam programados há meses, terão de ser adiados.

O questionamento do setor é que Maringá é a única cidade do estado que adotou essa medida se comparado às cidades de mesmo porte.

De acordo com o empresário e diretor regional da Abrape, João Vitor Mazzer, o setor espera uma reavaliação por parte da administração. Segundo ele, essa restrição foi muito dura e não condiz com o momento. [ouça o áudio acima]

Além dos empresários, quem esperou uma vida e dois anos de pandemia para a festa de formatura também ficou assustado com o decreto. Caso da turma de formandos em direito da Larissa Gabriela Silva, que estava com tudo pronto para o evento em fevereiro. [ouça o áudio acima]

O decreto atual do Governo do Estado em vigor no Paraná, e que antes era seguido pelo município, determina limite máximo de 15 mil pessoas em eventos ou 80% da capacidade do local.

 

Atualizado 18h22 para acréscimo de informação.

 

Quer enviar sugestão, comentário, foto ou vídeo para a CBN Maringá? Faça contato pelo WhatsApp (44) 99877 9550