Após notificação, transporte coletivo volta a funcionar parcialmente
Foto: Victor Simião/CBN Maringá

Maringá e região

Após notificação, transporte coletivo volta a funcionar parcialmente

Cidade por Victor Simião em 18/09/2020 - 18:15

Durante a maior parte desta sexta-feira (18), a frota não tinha saído da garagem. Segundo o sindicato, foi uma decisão em assembleia. No final da tarde, Justiça pediu o cumprimento de decisão, exigindo que no máximo 30% dos trabalhadores fiquem em paralisação.

O terminal municipal de Maringá ficou movimentado a partir das 17h desta sexta-feira (18). Foi quando os ônibus começaram a chegar ao local. Durante a tarde, a Justiça determinou que o Sinttromar, sindicato que representa os motoristas, cumprisse a decisão de que 70% dos trabalhadores fizessem o expediente. No máximo, 30% podem seguir em greve.

Desde quarta-feira (16), funcionários da Transporte Coletivo Cidade Canção e Cidade Verde, responsáveis pelo serviço em Maringá, Paiçandu e Sarandi, estão em greve. Eles pedem reajuste salarial de 2,3% e alteração na participação dos lucros, entre outras solicitações.

Na manhã desta sexta, nenhum ônibus saiu da garagem. Segundo o sindicato, a decisão foi tomada em assembleia. Houve uma tentativa de acordo entre empresa e funcionários pela manhã, mas que não teve resultado.

Aí, a direção da TCCC e Cidade Verde acionou a Justiça e pediu o cumprimento de uma determinação do Tribunal Regional do Trabalho, que decidiu que somente 30% dos funcionários poderiam paralisar.

Em conversa com a Maringá FM durante a tarde, emissora do Grupo Maringá de Comunicação do qual também faz parte da CBN Maringá, a direção do sindicato informou ter recebido a escala dos trabalhadores, algo que a empresa não tinha feito até então da forma como eles gostariam. Uma nova assembleia foi feita e aí os trabalhadores decidiram retornar com 70% da frota.

Saindo do trabalho, Pedro Lucas viu a movimentação no terminal. Daí foi até lá e soube pela CBN que os ônibus tinham voltando a atender. Em dias anteriores, teve de pegar o Uber, contou ele. [ouça no áudio acima]

A auxiliar administrativa Natalia Balaça disse que tem vindo ao trabalho dela, no centro da cidade, a pé. Para ir embora, tem usado aplicativo.

Quer enviar sugestão, comentário, foto ou vídeo para a CBN Maringá? Faça contato pelo WhatsApp (44) 99877 9550