Pandemia, PAS e mudança de local de provas explicam número recorde de ausentes
Foto: Divulgação/UEM

Vestibular

Pandemia, PAS e mudança de local de provas explicam número recorde de ausentes

Educação por Luciana Peña em 24/05/2021 - 08:29

Dos 14.273 candidatos inscritos no vestibular da Universidade Estadual de Maringá, 7.669 não compareceram ao primeiro dia de provas. Um índice de 46,27% de ausência, o maior da história do concurso. Para os candidatos que compareceram, as provas transcorreram normalmente.  

Já era esperado. O índice de ausentes no vestibular realizado em plena pandemia seria alto. E foi. 46,27% dos candidatos inscritos no Vestibular da Universidade Estadual de Maringá não compareceram no primeiro dia de provas.

De acordo com a Comissão Central do Vestibular Unificado da UEM, pelo menos três fatores podem explicar esse total de ausentes: a pandemia é o principal deles, diz a presidente da CVU, Raquel Marçal Natali. [ouça o áudio acima]

Um segundo fator pegou os organizadores do concurso de surpresa: às vésperas da prova, um decreto municipal em Curitiba, proibiu a realização de testes seletivos. Em cima da hora foi preciso transferir o local de provas para Ponta Grossa, e mais de 60% dos candidatos faltaram. [ouça o áudio acima]

Um terceiro fator foi a divulgação do resultado do PAS no último dia 7 e muitos aprovados no processo de avaliação seriada, não precisaram mais fazer o vestibular.

Para os que compareceram, o primeiro dia de vestibular foi tranquilo. Em um caso, um candidato conseguiu se alimentar durante a prova porque estava passando mal. [ouça o áudio acima]

O resultado do vestibular da UEM será divulgado dia 15 de junho.

 

Quer enviar sugestão, comentário, foto ou vídeo para a CBN Maringá? Faça contato pelo WhatsApp (44) 99877 9550