O comentário de Gilson Aguiar

Feminicídio: a velha história contada todo o dia